“MAS TODOS ACREDITAM NO FUTURO DA NAÇÃO” - AS REPRESENTAÇÕES DO ESTADO BRASILEIRO PRESENTES NA PRODUÇÃO ARTÍSTICA DO ROCK NACIONAL DA DÉCADA DE 1980.

Autores

  • Gustavo dos Santos Prado

Resumo

O artigo procura investigar as representações que bandas de rock nacionais fizeram do Estado Brasileiro ao longo da década de oitenta. Para tanto, a pesquisa possui a análise de cinco canções de grupos diversos: Legião Urbana, Plebe rude, Capital Inicial (Brasília),Cólera e Titãs (São Paulo). Valendo-se de um diálogo multidisciplinar, em especial, com autores da historiografia que escreveram sobre o cenário do Estado brasileiro naquela década, a pesquisa analisa cinco canções tomando-as como fonte. Logo, procura-se fazer uma análise da poética – ou seja, da letra – bem como da melodia (com fundamental contribuição de alguns princípios da semiótica). Espera-se que ao final, o trabalho possa gerar novas inquietações a partir da interpretação de um momento importante do cenário político brasileiro - ou seja, o início da Nova República. 

Downloads

Publicado

2016-12-07

Edição

Seção

Sociais e Humanidades