EFEITO DA INGESTÃO DE INFUSÃO DAS FOLHAS DE ANNONA MURICATA L. (GRAVIOLA) E HIBISCUS SABDARIFFA L. (HIBISCO) EM RATOS WISTAR FÊMEAS HIPERCOLESTEROLÊMICAS

Autores

  • Francine Martins Pereira
  • Izabella Talita Chagas
  • Joana Nobuko Shimizu Benvenuti
  • Neusa Marli Federhen Barreto
  • Diego Wordell Gubert
  • Robson Michael Delai

Resumo

A elevação dos níveis de colesterol bem como as co-morbidades associadas ao elevado consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas, são diante de todas as evidencias uma das grandes causas de morte no mundo. Mediante esses dados é que são criados medicamentos bem como fitoterápicos que atuam reduzindo ou possam vir a reduzir o colesterol total e suas frações. Tendo como objetivo a avaliação dos efeitos das infusões de graviola (Annona muricata L.) e hibisco (Hibiscus sabdariffa L.) pode-se constatar que as infusões não têm significância como hipolipemiantes na ação para a redução dos níveis de colesterol total, HDL, LDL e triglicérides. Portanto encontraram-se os seguintes resultados para colesterol total: p<0,02, HDL: p<0,005, LDL: p<0,005 (grupo hipercolesterolemia) e p<0,001 (grupo graviola e hibisco) e triglicérides: p<0,02, comparados ao grupo controle, ambos os resultados encontrados são descritos em mg/dL. Pode-se concluir neste estudo que a utilização das infusões não se mostraram eficazes na redução sérica do colesterol e suas frações, deixando em aberto a utilização por maior tempo bem como a utilização de extratos.

Downloads

Publicado

2016-12-07

Edição

Seção

Saúde e Biológicas