PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO: AS ATRAÇÕES ÂNCORA QUE FOMENTAM O TURISMO CULTURAL

Autores

  • Silmara Dias Feiber
  • Miguel Bahl

Palavras-chave:

Patrimônio Cultural, Identidade, Espaço Vivido, Itinerário Turístico, Caminho dos Moinhos

Resumo

O presente artigo busca relacionar as diretrizes geradas por documentos nacionais e internacionais de cunho preservacionista, conhecidos como Cartas Patrimoniais, com um caso real em que a aplicação prática das diretrizes desencadeia o exercício da cidadania. Para isso, utiliza-se como estudo de caso o itinerário turístico denominado Caminho dos Moinhos na região dos Vales, interior do estado do Rio Grande do Sul - Brasil. Esta prática, que ainda se apresenta em pleno desenvolvimento, possui suas raízes na construção social que conduz ao fortalecimento da identidade da região por meio da valorização de sua cultura local. As bases da geografia cultural humanista, aliadas ao turismo cultural, encontram nesse contexto um estudo que declara e ressalta a importância de se valorizar o espaço vivido pelos cidadãos, no intuito de se alavancar o desenvolvimento da região mantendo vivas suas raízes identitárias.

Downloads

Publicado

2024-04-30

Edição

Seção

Sociais e Humanidades