A MANIFESTAÇÃO DO REFLUXO GASTROESOFÁGICO EM CRIANÇAS: SINTOMATOLOGIA E ASSOCIAÇÃO COM O DIAFRAGMA

Autores

  • MARASKIN, Adha Carolina1 BELETTI, Maria Gabrielly2 VILAGRA, José Mohamud3

Resumo

RESUMO
O refluxo gastroesofágico (RGE) trata-se do retorno involuntário do conteúdo gástrico para o esôfago, causando
sintomatologias variadas aos indivíduos acometidos, podendo ser vômitos, regurgitações, dores abdominais, alterações
respiratórias, tosse, chiados, choro, irritação e muito desconforto. É muito frequente e prevalente em bebês e crianças de
diferentes faixas etárias e um dos desencadeadores do RGE é o músculo diafragma, que exerce um papel importante
através do aumento de seu gradiente de pressão, influenciando diretamente o esfíncter inferior do esôfago, que se torna
hipotônico, ou seja, flácido e com pouca força de contração, perdendo a sua capacidade de se fechar totalmente e
permitindo o retorno do conteúdo gástrico. Portanto, no presente estudo, foi realizada uma revisão de literatura com base
em uma busca de artigos científicos do gênero ensaio clínico e estudos randomizados nas plataformas: Scielo, Lilac’s e
google acadêmico. Com o objetivo de identificar os sintomas que caracterizam o RGE e se o músculo diafragma exerce
alguma influência sobre ele. Com isso, foram utilizados os seguintes descritores de pesquisa: refluxo gastroesofágico,
crianças e diafragma. Foram encontrados 7 (sete) artigos que se encaixaram nos critérios de inclusão. Por fim, foi
concluído que a DRGE se manifesta em crianças através de sintomas variados, como: regurgitações, vômitos, tosse, choro,
irritação, cólicas, entre outros. E apresenta total relação com o musculo diafragma, que por sua vez apresenta um gradiente
de pressão que quando aumentado, influencia o aumento do RGE, prejudicando a qualidade de vida da criança e dos
cuidadores responsáveis por ela.
PALAVRAS-CHAVES: Refluxo gastroesofágico, crianças, diafragma.

Downloads

Publicado

2022-11-24